Papo de Valor

Quem é o rosto atrás dos seus investimentos?

Tem algo muito curioso no mercado financeiro: focamos muito em produtos, rentabilidades, impostos e taxas e esquecemos de olhar quem é que está por trás dos nossos investimentos.

Quem é o rosto de cada um dos seus, consegue me dizer?

Bancos são geridos por pessoas. Empresas e gestoras de fundos também. Você confiaria seu dinheiro a uma empresa que teve metade dos seus diretores citados durante a investigação da Lava Jato? Você gostaria de ter seu dinheiro gerenciado por um time que se identifica muito com empresas de armamento e pouco preocupadas com a sustentabilidade ambiental? Você acharia importante saber que a ação que você comprou na bolsa tem um diretor que fez declarações racistas na última semana?

Chegamos no meu ponto: se a opinião e, principalmente, as ações dessas pessoas são tão importantes, por que levamos pouco isso em consideração?

Investe em CDB, LCI ou LCA?

Esses são investimentos nos quais estamos emprestando dinheiro para o banco. Que tal conhecer quem está por trás? É mais simples do que parece, você pode usar o bom e velho Google junto com suas habilidades investigativas para stalkear um pouco.

Os donos majoritários, o CEO e as pessoas mais ligadas às decisões estratégias possuem valores parecidos com os seus? Você confia nessas pessoas?

Investe em ações?

Aqui, mais do que emprestar, estamos nos tornando sócios de empresas. E sendo assim, tem muito mais em jogo. Afinal, você estará ganhando ou perdendo conforme as decisões do time de gestão dessa empresa.

Ah Vívian, mas eu não sei analisar um time de gestão nem entendo nada do setor que essa empresa atua pra poder ter uma opinião.

Então, meu querido amigo, talvez você não esteja tão preparado para investir em ações como pensou.

Pensando na vida real, você se tornaria sócio de uma empresa sem entender nada sobre o setor que ela atua, sem conhecer quem são seus outros sócios (que inclusive tem mais poder que você) e sem compreender os números dessa empresa? Provavelmente não, né?

Investe em fundos de investimento?

Aqui a relação é diferente e a pergunta é uma só: você conhece o time de gestores do seu fundo de ações o suficiente para deixar que ele selecione quais empresas vocês querem ser sócios?

Pouquíssimas pessoas sequer sabem o nome desses gestores pois fizeram a seleção com base na rentabilidade do último mês. Mas não é complexo descobrir. Busque o nome da gestora (geralmente é o primeiro nome do fundo), entre no site e leia um pouco mais. E pra te ajudar, a Carta do Gestor é um documento obrigatório para todos os fundos. Comece por ela. Procure entrevistas desses gestores, siga-os no instagram ou no twitter.

Hoje tenho 12% do meu patrimônio no mercado em um fundo de ações. É ele que está decidindo o que fazer com 12% de tudo que acumulei na vida. Não sei pra você, mas é muito pra mim.

Diariamente ele escreve coisas aleatórias no twitter. Eu leio. Leio assim como vejo as receitas que a Rita Lobo posta. Vou fazer algo com aquilo no momento? Não. Mas quero estar perto deles. Uma vez por mês ele escreve uma carta, pra mim, investidora do fundo. Eu leio também. Leio assim como leio as newsletters do Tira do Papel (insta @tira.do.papel), que me enchem de inspiração e aguçam meu olhar criativo.

Não é pra ler e a cada palavra repensar se é melhor comprar ou vender. É ler para conhecer mais quem está gerenciando parte do seu capital. Acredite, é muito gostoso isso. A gente vai criando essa amizade baseada na confiança, mês após mês, apesar de eles nem saberem quem somos.

Se você não tem nenhum fundo e está perdido sobre como começar a conhecer bons gestores e entender como eles pensam e fazem a seleção de ativos, vou te ajudar. Comece com as cartas da Verde, da Dynamo, do Alaska e do Howard Marks (este último, caso você leia em inglês).

Abra a última carta disponível. Leia. Não entendeu nada? Não tem problema. No próximo mês leia de novo. Busque algum termo que não conhecer. Compare as opiniões de cada gestor quando eles tocam no mesmo assunto. Se abra pra essa oportunidade.

Pra te mostrar que a linguagem é mais simples do que parece, aqui o trecho de uma das cartas do CA Indosuez.

Nós também temos a nossa newsletter, você já é inscrito? Semanalmente, às terças feiras, enviamos um email curtinho com alguma reflexão sobre nossa forma de lidar com dinheiro. Sinta-se à vontade para se juntar à nós.

Vívian Rodrigues

Consultora Financeira e fundadora do Papo de Valor. É apaixonada pela vida e tem a missão de inspirar outras pessoas a usarem o dinheiro como ferramenta para realizar coisas incríveis.

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Clique para saber mais sobre a consultoria