Papo de Valor

5 dicas para cuidar das suas finanças

É comum escutarmos as pessoas falando que não conseguem se organizar financeiramente. Uma coisa é certa: precisamos começar, não importa o quão doloroso (ou chato) isso for! 

Fazer um levantamento da nossa situação é essencial para conseguirmos determinar onde estamos e onde queremos chegar. Afinal, devemos utilizar esses dados que obtemos como uma ferramenta de reflexão de nossas vidas.

Mas por onde começar?

Se você está perdido, preparei algumas dicas para te ajudar a se encontrar no meio desse labirinto. Leia cada dica atentamente e garanto que, ao final já terá um norte de como lidar com suas finanças.

Vamos às dicas?? 

1- SIMPLIFICA  – 

Se você tem mais de uma conta bancária, mais de um cartão de crédito, cartão de débito, dinheiro e até cheque (sim, cheque)… Desapega! Escolha a conta que você tem melhor atendimento ou a que seja mais prática de movimentar e apenas 1 forma de pagamento. Nem você nem ninguém vai conseguir administrar se tiver muitas contas e utilizar várias formas de pagamento.

2- SEPARE SEUS GASTOS – 

Quais são seus gastos fixos, variáveis e sazonais? Se tem dívidas, também as coloque no papel, planilha, aplicativo ou na forma que você preferir. Entenda o que está acontecendo com o seu dinheiro. É importante ter uma fotografia da sua situação financeira. 

3- ESTABELEÇA LIMITES – 

Estabeleça limites para todos os seus gastos. Todos! Os que não variam são mais fáceis de controlar. Quando falamos de supermercado, combustível, restaurantes, lazer, e demais variáveis no mês, temos que ter uma referência de teto para esses gastos pra não correr o risco de estourar seu orçamento no supermercado comprando as marcas mais caras, por exemplo.

4- FRACIONE SEUS GASTOS –

Uma vez estabelecido o limite do mês, saiba quanto isso vai significar para você semanalmente! Se você tem 1600 reais para gastar com lazer no mês, tenha consciência que terá 400 reais por semana para gastar com esse fim.

A semanada é uma ótima forma de se controlar. Defina 1 dia na semana e retire o valor em dinheiro. Teste a diferença entre gastar no dinheiro e no cartão (seja crédito ou débito). Dói mais para tirar cada notinha da carteira do que aquele pedaço de plástico.

5- TENHA UMA RESERVA – 

É indispensável a criação de uma reserva. Mesmo que você esteja endividado? Sim! Se você bater o seu carro, perder seu emprego ou qualquer emergência parecida, você se endividará ainda mais.

Dicas dadas, agora é com você! Que tal começar hoje mesmo a olhar com mais carinho para as suas finanças? Vai devagarinho, aplicando uma dica por vez. 

Shaine Satar

Assim que encontrei o Papo de Valor já sabia que era aqui que queria trabalhar! Apaixonada por finanças pessoais e por fazer a diferença na vida das pessoas, tenho como objetivo conversar com cada um de meus clientes sobre finanças de uma forma didática e descomplicada!

Comente!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Cursos Online