Papo de Valor

Um conselho antecipado sobre presentes de natal

O ano trouxe muitos desafios não é mesmo? Quem diria que ficaríamos longe das pessoas que amamos, que os abraços seriam restritos, que as celebrações aconteceriam por vídeos?

Sem aviso prévio, a realidade foi dada sem consultar a nossa opinião. O jeito foi buscar outras formas de expressar afeto. Se em anos anteriores o meu conselho sobre presentes de natal era algo como: “O mais importante é estar presente e não oferecer presente” para atualidade, eu digo: Se puder trocar alguns mimos com quem ama, faça! Pode ser a via para acalentar a distância.

Mas, isso não significa que precisa ser feito sem planejamento. Estou aqui, no mês de novembro falando sobre natal, para te ajudar a projetar essas despesas extras no seu orçamento.

Para começar, vamos as listas.

Qualquer organização começa com uma boa lista. É um jeito prático de visualizar as prioridades e de aliviar a memória do peso de guardar tudo.

Por aqui, criei uma lista simples com duas colunas: De um lado os que serão presenteados, do outro, as possíveis opções de presentes. Sugiro que rabisque alguma coisa assim por aí também.

Rascunho pronto. Vamos para a próxima etapa.

Âncoras do bem

Ancoragem é a tendência humana de basear a sua decisão em alguma outra informação preexistente. Uma forma de usar esse viés cognitivo ao nosso favor, é criando algumas “ancoras do bem”. Para o nosso planejamento, nós vamos usar desse artificio em dois momentos: 1) Na definição do teto de gasto. 2) No preço dos presentes.

  1. Definição do teto de gasto: Antes de sair saltitante presenteando o mundo, confira se o seu orçamente tem espaço para essa despesa. Se sim, defina um limite para o gasto. É importante delimitar para não extrapolar no momento da compra, principalmente se o pagamento for através do cartão de crédito. Falei sobre o assunto neste texto.

Se não for possível incluir uma nova despesa, use outra forma de demostrar afeto.

Pode parecer difícil em um primeiro momento. Porém, uma vez atendi uma cliente que não tinha muito espaço no orçamento, e ela se propôs a presentear as pessoas com a sua música. Achei tão bonito alguém se dispor do seu tempo para os outros. Isso também é uma forma de presente.

Ah! Se você gostaria de saber mais sobre como funciona a consultoria financeira!? Clica aqui neste link.

  • Ancorando os preços: Pesquise o valor! saiba quanto custa cada item e inclua na sua listinha. Ao que tudo indica, logo mais chega o tempo das promoções e descontos. A tão conhecida Black Friday. Porém, também sabemos que essa é uma época cheia de gatilhos mentais e descontos dissimulados. Por isso, para conseguir filtrar as verdadeiras ofertas é preciso conhecer os valores precedentes dos produtos. Sendo assim, ancore o preço e aproveita as pechinchas.

O efeito do planejamento

Quem chega primeiro bebe água limpa, já dizia o ditado. O planejamento além de contribuir para o controle das suas finanças, te ajuda, através das compras antecipadas, a fugir dos ajustes de preço que costumam ocorrer por essas datas.

Clica aqui para saber como começar o seu planejamento financeiro na prática.

Pequenos produtores locais

Se você, assim como eu, preocupa-se com o impacto das suas decisões financeiras, consumir de produtores locais pode ser uma boa alternativa para fomentar e assegurar a continuação dos projetos que você acredita.

Lembre-se que estamos mergulhados em uma profunda crise econômica e fazer o dinheiro circular nas mãos de quem precisa pode garantir sobrevivência de muitas famílias.

Vamos continuar a conversa no instagram? Por lá eu vou compartilhar mais dicas. Clica aqui.

Keylla Santos

Consultora Financeira Pessoal da Papo de Valor. Acredita que a Educação Financeira proporciona autonomia e liberdade. Por isso, ajuda as pessoas a se organizarem financeiramente de forma simples e conectadas com os seus objetivos e planos de vida.

Comente!

Clique para saber mais sobre a consultoria