Como aumentar a capacidade de faturamento de quem vende serviços

Uma coisa é fato: quem vende serviços, no fundo, vende o seu tempo. No entanto, se tem uma coisa que é limitada para todo mundo é o tempo, né? Então, como aumentar o faturamento de serviços prestados, mesmo quando já atingimos a nossa capacidade máxima de atendimento?

Para começarmos a pensar estratégias possíveis, é importante lembrar que o faturamento é todo o valor que entra no negócio, toda a receita. E é o resultado entre:

o preço do que a gente vende   x   a quantidade vendida

Logo, para aumentar o faturamento, qualquer ação precisa acontecer sobre a quantidade de horas ou sobre o preço da hora de trabalho.

Alguns caminhos para aumentar o faturamento de serviços

Aumentar a equipe

Essa é a opção mais popular. Contratar pessoas é uma solução possível e quase sempre interessante, pois aumentamos diretamente a capacidade de atendimento do negócio.

Mas vale o cuidado para não aumentar os custos e não aumentar o faturamento na proporção necessária, e acabar tendo prejuízo! Isso porque os custos dessa contratação (salário, impostos sobre carteira assinada, férias, 13º salário, benefícios) devem, necessariamente, ser pagos pelo aumento de vendas.

Ps: falamos um pouco mais obre isso aqui!

Vendendo mais horas de trabalho

Mas calma, não é sobre se matar de trabalhar. É sobre pensar quais partes do trabalho podem ser terceirizadas. Desde alguma etapa técnica do trabalho, até os serviços complementares e necessários a todo negócio – como atendimento, financeiro, marketing. Assim, você fica com mais tempo livre para novos clientes.

Inclusive, esse é um ótimo termômetro para saber quando realizar esse tipo de contratação: no momento em que se ganha mais com um novo cliente do que se gasta com o terceirizado.

Um exemplo: se você leva 2 horas por semana com marketing e se vê diante da sua agenda cheia, talvez você ganhe mais assumindo um novo cliente e pagando alguém que assuma o marketing do seu negócio. Aí é fazer a conta mesmo..

Diminuindo o tempo de trabalho com cada cliente

Se o que está limitando é a quantidade de tempo, uma saída é usar menos tempo quanto possível com cada cliente (sem perder a qualidade, hein?).

São alguns estratégias: otimizar processos, diminuir a quantidade de etapas de trabalho, padronizar documentos e e-mails, utilizar ferramentas que te façam ganhar tempo, e focar na produtividade (uma inimiga para muitos autônomos!)

Para quem quiser aprender mais sobre produtividade, sugiro o trabalho da Gabriela Brasil e da Thais Godinho).

Aumentando o valor da sua hora de trabalho

O famoso aumentar o preço! Essa estratégia precisa vir junto com um plano de ação para aumentar também a percepção de valor do cliente sobre o seu trabalho. Ele precisa topar pagar esse novo preço, certo?

E é nesse ponto em que o financeiro toca a área de marketing: é preciso encontrar o mercado e o posicionamento necessários para atingir os clientes que entendam esse valor e estejam dispostos a pagar por ele.

Uma outra forma é agregando valor ao trabalho final, seja trazendo mais resultados para o cliente, seja melhorando a experiência dele, desde o atendimento até o que é entregue materialmente ao final (um projeto impresso? um relatório? um álbum?).

Ganhar escala na hora de trabalho

Aumentar o valor da hora de trabalho, mas atender mais pessoas ao mesmo tempo, assim fica menos pesado para cada cliente.

Essa forma é a estratégia usada por quem oferece cursos, workshops, rodas de estudos, e que acaba ganhando na escala atingida com o seu trabalho.

Uma observação necessária: é preciso muito cuidado para não subestimar a quantidade de horas trabalhadas nesse formato. Atender cinco pessoas, mesmo que juntas, leva bem mais tempo do que atender apenas uma.

Além do mais, a percepção de valor do cliente é diferente entre um trabalho individual e personalizado, e um trabalho mais generalista, que serve para mais pessoas.

Mas, e qual é a melhor opção?

Depende! Do seu tipo de negócio e da maturidade dele, do posicionamento, do seu momento de vida…

Entender a melhor opção para você é o nosso trabalho na consultoria financeira. Avaliar a sua estrutura, os seus custos e potenciais, entender se é o momento de aumentar o faturamento de serviços, e te apoiar nesse caminho é o que fazemos por aqui. Mas deu para perceber que tem vários caminhos possíveis, né?

Se você sente que precisa de um olhar profissional para entender o melhor caminho para o seu negócio, é só deixar um oi! aqui. Vai ser um prazer poder te apoiar nesse processo!

Larissa Brito

Planejadora Financeira na Papo de Valor, é apaixonada por gestão financeira e acredita que isso fala mais de pessoas do que de números. Com foco em autônomos e empresas, sonha com que cada negócio leve o seu máximo potencial para o mundo, trazendo retorno financeiro, é claro!

1 comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.